Facebook
You Tube
Twitter
Cardápio
Clique aqui!

 

 

A ORIGEM DO CAFÉ

 

Lendas e mais lendas contam a possível origem do café. Dentre elas a mais conhecida diz que o café teve origem a mais de mil anos, nas montanhas da Etiópia, antiga Abissínia, onde vivia um pastor de cabras chamado Kaldi. Este pastor observou que suas cabras ficavam mais alegres e saltitantes quando mastigavam os frutos de arbustos existem no pasto. Kaldi levou os tais frutos até um monge da região, que ao experimentá-los, notou uma agradável sensação de alegria, motivação e bem estar. O monge preparou então uma infusão com estes frutos para ser consumido durante as longas horas de orações nos monastérios. Mas o resultado da infusão foi uma bebida de sabor amargo, o que fez com que o monge lançasse os frutos ao fogo, que surpreendentemente, começaram a torrar e exalar um perfume forte e delicioso. Uma nova infusão foi preparada, desta vez com os frutos torrados. Logo os monges estavam seduzidos pelo novo sabor e aroma da bebida.

 

Os registros históricos indicam que a planta surgiu em meados do ano 575 e foi levada ao Iêmen por volta dos anos 1200, tendo chegado aos paises árabes a partir do século XV. A Arábia foi a região responsável pela disseminação da cultura do café pelo mundo e também tinha o total controle sobre seu cultivo, preparo e comércio. O nome café é originário da palavra qahwa, que significa vinho em árabe. Quando o café chegou a Europa, no século XVI, era conhecido como vinho da Arábia.

 

O hábito de se tomar café foi desenvolvido pela cultura árabe, mas a disseminação do café pelo mundo foi feita principalmente através dos viajantes, que sempre levavam consigo o café em suas expedições. Foram os holandeses que deram início ao cultivo do café na Europa e também na América, e assim, por onde o café passava, se tornava um hábito definitivo.

 

As primeiras cafeterias, conhecidas como Kaveh Kanes, surgiram em Meca e eram locais extremamente luxuosos e culturais, onde se falavam sobre religião, arte e filosofia. Logo as casas de café se tornaram mania na Europa e depois em todos os cantos do mundo.
No Brasil, o Café chegou em 1727, trazido pelo sargento Francisco Mello Palheta. Ele foi enviado em missão oficial para Guiana Francesa para solucionar problemas de delimitação de fronteiras. Entretanto, tinha também uma outra missão secreta: conseguir algumas sementes do fruto do café. Conta a história, que Palheta teria usado seu charme para conquistar a admiração da esposa do governador da Guiana, que, apaixonada lhe deu de presente algumas sementes e cinco mudas de café. As mudas de café foram cultivadas em Belém do Pará, e foi aos poucos chegando aos outros Estados brasileiros. Devido as condições climáticas favoráveis aqui encontradas, a cultura do café se estabeleceu rapidamente, iniciando assim um novo ciclo econômico no Brasil. Em 1850 o Brasil já era o maior produtor mundial de café e contribuiu para o aceleramento do crescimento do pais.

 

Até os dias de hoje, podemos considerar que o café brasileiro é um dos melhores do mundo.
 

     

2012 - Todos os direitos Reservados - Giro Café & Conveniência
Av. Aziz Maron - Góes Calmon - Fone: (73) 3613-0336

Facebook
Youtube
Twitter